terça-feira, 28 de maio de 2013

Seguir ou não a maioria

Seguir Ou Não A Maioria

"Não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa
demanda darás testemunho, acompanhando a maioria, para
perverteres a justiça" (Êxodo 23:2).

"Às vezes a maioria significa apenas que todos os tolos
estão no mesmo lado." (Colleen Spencer -- Universidade de
Maine)

Muitas vezes ouvimos comentários do tipo: "Eu fumo porque a
maioria de meus amigos fuma"; ou "Eu bebo porque todos os
meus colegas bebem"; ou "Eu comecei a me envolver com drogas
porque o meu grupo da faculdade acabou me convencendo". Mas,
valeu a pena eles seguirem a maioria? A vida deles melhorou
por seguirem a maioria?

Nem sempre a maioria tem razão. Nem sempre devemos fazer o
que outros fazem. Melhor é fazer a vontade de Deus, que tem
sempre bênçãos para nos dar e tem sempre o melhor caminho a
seguir.

Se a maioria segue o bom caminho e se preocupa em ter uma
vida abundante e feliz, então podemos seguir seus passos. Se
essa decisão é tomada por poucos, não importa, é deles o
exemplo a seguir. O importante é agradar ao Senhor; fazer
Sua vontade; andar em Seu caminho.

Não devo imitar os perdidos, os que não sabem para onde vão,
os que continuam indiferentes às coisas de Deus. Devo estar
junto aos que em Cristo aprenderam a amar, aos que não
desanimam diante dos obstáculos, aos que perseveram após
algum fracasso, aos que se alegram por ter o nome escrito no
Céu.

O meu alvo não deve ser a maioria, mas, o Senhor. Devo
escutar os Seus conselhos e os ensinos de Sua Palavra. Devo
procurar obedecê-Lo e buscar os que precisam ser salvos no
meio de uma maioria que caminha sem rumo.

Eu prefiro estar com Jesus. Ele é a minha maioria.




André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

sábado, 18 de maio de 2013

A Fofoca

A Fofoca

"Irmãos, não faleis mal uns dos outros" (Tiago 4:11).

John Dryden, um poeta e dramaturgo britânico do século VII,
comentou, certa vez, sobre a propensão que as pessoas têm de
fofocar: "Existe uma avidez, nada agradável, na humanidade,
de publicar ruidosamente as vergonhas de seus vizinhos. Como
consequência, os escândalos voam nas asas imortais da águia,
enquanto as ações virtuosas desses mesmos vizinhos, nascem e
morrem.

 muito triste constatar que essas antigas palavras
continuam sendo reais nos dias de hoje. Estamos sempre
prontos a criticar, a a encontrar erros nas atitudes de
todos, a desmerecer os valores daqueles que nos cercam. As
qualidades são ignoradas, as ações virtuosas não são
percebidas, a excelência é tratada com indiferença. Queremos
achar os defeitos... procuramos com determinação os
defeitos... e, quando achamos algum, logo o proclamamos com
uma satisfação impressionante.

O maior defeito, em tudo isso, nos passa despercebido: a
nossa falta de amor e rejeição à vontade de Deus. O que o
Senhor espera de nós é um testemunho verdadeiro de
transformação. Ele deseja que nossas atitudes glorifiquem o
Seu nome e sirvam somente para abençoar o nosso próximo e
jamais condená-lo.

O verdadeiro amor não busca os defeitos, mas o que cada
pessoa tem de melhor. Não apresenta ações de julgamento,
mas, de sincero e completo perdão. O verdadeiro cristão não
fala mal de ninguém, apenas o bem. E, quando percebe que um
irmão falha, cala-se, ora, estende a mão para ajudá-lo a
consertar os erros.

Uma fofoca pode destruir um sonho, um lar, uma vida. É uma
atitude mesquinha e imprópria aos que têm Cristo como Senhor
e Salvador. Da boca do filho de Deus deve sair coisas boas,
estímulo, conforto e bênçãos.

Quem fala mal está precisando de Deus, mais do que aqueles
de quem fala.

http://www.ministeriopararefletir.com


André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Mensagem Subliminar do PT: Brasil, um salto para o comunismo.

GOVERNO DO PT REVELA ATRAVÉS DE MENSAGEM SUBLIMINAR, A IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO COMO META PARA 2014

Governo petista se curva à retrógrada ideologia Cubana-Bolivariana


Ao se render ao culto à personalidade de Chávez, 

a presidente Dilma Rousseff comprova que a vinda

 dos médicos cubanos não é questão de saúde,

 mas de ideologia

José Maria e Silva
A presidente Dilma Rousseff (PT) deu mais uma prova de que, a exemplo de seu antecessor, 
Luiz Inácio Lula da Silva, também tem dificuldade de separar o governo de Estado e o PT 
da nação. Para os petistas tudo isso se mistura, a tal ponto que o partido, em seu programa
 eleitoral, teve a coragem de colocar sua bandeira vermelha à frente da Bandeira Nacional.
 Na última quinta-feira, 9, ao receber a visita do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro,
 Dilma Rousseff incorreu nessa mesma confusão e aceitou de presente do visitante uma foto
 gigantesca do ditador Hugo Chávez, recentemente falecido.



Uma vez que a imagem de Hugo Chávez expressa apenas o governo de Nicolás Maduro
 e não a nação venezuelana, Dilma Rousseff jamais poderia recebê-la e posar ao lado
 dela em nome do povo brasileiro, como fez, toda sorridente, numa cerimônia oficial.
 Essa atitude absurda, vergonhosa, inadmissível da presidente da República é um
 verdadeiro acinte. E se o Brasil não se der conta, pode virar um açoite — não falta
 a Dilma a determinação que faltava a Lula para se tornar um ditador.
O bolivarismo de Hugo Chávez — o Chapolin Colorado do marxismo — já
 transformou a Venezuela naquilo que será o Brasil de amanhã, caso não se coloque
 um freio na sanha intervencionista e totalitária do PT. A paixão dos petistas pelo 
esquerdismo circense de Chávez é tão extremada que a presidente Dilma Rousseff 
vai reeditar o modelo de saúde pública criado pelo ditador bufão. Seu governo 
já anunciou que vai importar 6 mil médicos cubanos para trabalhar em regiões
 carentes do Brasil.
O argumento do governo pa­ra afrontar o poderoso Con­selho Federal de Medicina, 
que é contrário à medida, é o de que faltam médicos nas regiões mais carentes do
 País. Mas, com a vinda dos médicos cubanos, vai continuar faltando. A medicina,
 hoje, é basicamente tecnológica. E o que afasta os médicos dos cafundós é a 
falta de recursos, pois os salários são muito bons.
Mesmo um paciente dos grotões sabe que existem recursos diagnósticos e 
terapêuticos caros nos grandes centros e quer utilizá-los. Não vai se contentar 
com um esfomeado curandeiro cubano, que deve saber pouco mais de medicina
 do que um experiente balconista de farmácia ou uma enfermeira calejada.
Por isso, desconfio que o verdadeiro propósito da vinda dos 6 mil médicos
 cubanos não é melhorar a saúde pública no País, mas garantir a saúde política 
do governo petista. O primeiro dever de um médico cubano é receitar ideologia. 
Esses escravos de branco terão de rezar na cartilha de Raúl e Fidel Castro,
 sob pena de serem delatados e deportados pelos capitães-do-mato do 
governo petista, como ocorreu no caso dos pugilistas cubanos.
Em junho deve sair o decreto da presidente Dilma Rousseff regulamentando 
a vinda dos médicos cubanos. O Brasil deve ficar muito atento. Se o modelo
 for o da Venezuela, é sinal de que não se trata de saúde pública, mas de
 revolução bolivariana mesmo. Na Venezuela os médicos cubanos ganham
 230 dólares por mês. Uma fortuna diante dos menos de 100 dólares que 
ganham em Cuba. Mas para cada médico cubano que recebe 2.760 dólares
 por ano da ditadura bolivariana, a Venezuela tem de pagar a Cuba 130 
 mil dólares anuais.
Como se vê, a ditadura cubana é a mais cara empresa terceirizada de mão 
de obra do planeta. O tráfico negreiro virou tráfico ideológico — o governo 
Dilma vai importar escravos de Cuba para financiar a ditadura de Fidel e 
Raúl Castro. Se o governo brasileiro terceirizasse a saúde dos grotões para
 uma multinacional de medicina, provavelmente sairia bem mais barato e 
eficaz. Mas tudo indica que a parceria castro-chavista será mesmo o modelo
 dessa segunda traição de Dilma ao Brasil — a primeira foi quando ela se
 fez guerrilheira a soldo de Cuba. Agora, ao se curvar à imagem de Chávez,
 Dilma parece se sentir no direito de rebaixar o Brasil ao seu tamanho.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:



André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

terça-feira, 14 de maio de 2013

Genizah e manipulação: a esquerda a serviço da esquerda


Julio Severo
Fiquei surpreso e desconfiado quando o vídeo da Dra. Damares Alves foi divulgado também no Genizah. O vídeo, que muita gente no Brasil viu através de incontáveis sites e blogs, denuncia o governo federal sexualizando as crianças.
Muito acertadamente, o filósofo Olavo de Carvalho disse sobre o vídeo: "É, sem favor nenhum, o discurso mais importante e mais valioso proferido em português do Brasil no último meio século."
Não fiquei surpreso com o que o governo federal faz e fez. Meu blog contém textos e fontes sobre esse assunto, que não é novidade para mim. Outros sites sérios, inclusive o Mídia Sem Máscara, contêm denúncias semelhantes. Eu mesmo já testemunhei, pessoalmente, uma elevada funcionária do governo federal falando sobre isso anos atrás.
Minha surpresa e desconfiança foram com a real intenção do Genizah em expor algo tão necessário para as famílias brasileiras.
Minha suspeita não se confirmou. Ontem, o Genizah disse que conheceu uma refutação "contundente" ao vídeo da Dra. Damares e fez contato com a autora, a sra. Magali do Nascimento Cunha.
Magali do Nascimento Cunha discursando no Conselho Mundial de Igrejas
O Genizah explicou: "As refutação é minuciosa e oferece ao leitor a clara certeza de que estamos diante de uma peça de manipulação (vídeo), de inspiração política visando alarmar a população evangélica objetivando colher frutos nas próximas eleições."
Em seguida, alega que o vídeo da Dra. Damares é "uma peça para atacar o governo federal forjando estatísticas e inventando fatos."
Depois da refutação "contundente", veiculada neste link pelo Genizah, a única impressão que ficou é que as denúncias de que o governo está sexualizando as crianças são "mentiras." A mulher que denunciou "manipulou," segundo o Genizah.
Supostamente, de acordo com o Genizah, a mulher metodista que atacou Damares só está interessada na "verdade" e não tem nenhuma motivação ideológica.

Quem é Magali do Nascimento Cunha?

Qual é a credencial da metodista que virou a heroína da "verdade" no tabloide sensacionalista Genizah? Magali do Nascimento Cunha é professora da Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, um dos maiores redutos esquerdistas do protestantismo brasileiro.
Ela é também membro do Comitê Central do Conselho Mundial de Igrejas, o maior reduto de protestantes esquerdistas do mundo.
O site do Conselho Mundial de Igrejas destaca, com louvores, que Magali faz parte da infame Comissão Nacional da Verdade, um grupo criado pelo governo de Dilma Rousseff (que tem passado terrorista comunista) para investigar supostas violações de direitos humanos por parte dos militares contra terroristas comunistas armados que matavam, assaltavam bancos, faziam atentados a bomba, sequestravam, etc.
A Comissão Nacional da Verdade, que julgará apenas os militares e não os terroristas comunistas, tem tido amplo apoio do Genizah, que tem destacado o papel de protestantes na luta comunista contra o governo militar.
Magali também colocou de fora suas vermelhas unhas comunistas no caso Marco Feliciano, que atraiu a fúria de toda a esquerda secular e evangélica.
Naturalmente, Magali não podia ficar de fora da campanha de ódio perpetrada por seus camaradas contra Feliciano.
Ao reclamar de Feliciano, ela o enquadra como "cristão predominantemente conservador teologicamente, marcado por um fundamentalismo bíblico" — uma acusação rotineira da esquerda protestante contra todo evangélico que não segue a cartilha de Karl Marx ou não compartilha da agenda gayzista e abortista.
O que não é surpresa é que a reclamação dela foi postada, em seu blog pessoal, por Leonardo Boff, um ex-católico que é o maior promotor da Teologia da Libertação no Brasil.
Não é a toa, então, que o Genizah tenha acolhido com tanto entusiasmo a refutação "contundente" da protestante esquerdista, ecumênica e liberal. São almas gêmeas.
Dá até para entender por que o Genizah havia postado inicialmente o vídeo de alerta da Dra. Damares Alves. Ela já ajudou Marina Silva. De forma semelhante, em seus textos, Magali deixa também transparecer simpatia por Marina e seu esquerdismo melancia.
Mas a diferença é gritante. Mesmo com suas marinadas, Damares faz muito mais do que Marina faz: ela denuncia o governo federal. Magali não. O resultado é que entre as marinadas de Damares e o esquerdismo safado de Magali, a escolha do Genizah foi por sua alma gêmea.
Outra explicação possível é que, ao descobrir que tanto eu quanto Olavo de Carvalho elogiamos o discurso gravado de Damares, o Genizah decidiu despejar no vídeo toda a sua ojeriza pelo conservadorismo, com os mesmos argumentos falaciosos de sempre. (Para os leitores iniciantes, Olavo de Carvalho e Julio Severo são alvos preferenciais do tabloide sensacionalista Ojerizah.)
A esquerda protestante brasileira tem feito uso de maldades, safadeza e mentiras desde seus primórdios, conforme registra meu livro "Teologia da Libertação X Teologia da Prosperidade." Um evangélico possesso da heresia esquerdista vende a própria mãe, ou Deus, para fazer a vontade do pai da mentira e da safadeza.

O pedófilo de cueca amarela

O fato mais importante e escandaloso é que em momento algum Magali do Nascimento Cunha provou que o governo federal NÃO está sexualizando ou até mesmo homossexualizando as crianças do Brasil. Sua refutação "contundente" focou apenas em detalhes técnicos, sem se importar se o governo Lula e o governo de Dilma Rousseff cometeram as sexualizações e muitas outras aberrações.
Meu blog tem toneladas dessas informações, inclusive denúncias mostrando protestantes como o Genizah e militantes como Magali colocando sua ideologia acima do bem-estar das famílias. Muito diferente de mim, que tenho trabalhado para defender valores pró-família sem salário algum, Magali conta com milhares de reais para "inspirá-la" em sua rota esquerdista.
Focar em detalhes técnicos é uma artimanha — tipicamente esquerdista — de manipular o debate. Assim, em vez de todos tratarem objetivamente do estuprador que violentou a menina de cinco anos, o advogado ardiloso esfrega as mãos de malícia e apela para o juiz no tribunal: "Excelência, note que meu cliente está sendo acusado de estuprar a menininha, mas a mulher que fez a acusação cometeu um erro imperdoável. Ela disse que meu cliente estava usando cueca amarela, mas eu digo que era azul-claro. Como podemos dar credibilidade para ela?"
Assim, o ardiloso desvia o assunto para detalhes, na esperança de que o público perca a atenção do crime maior: o estupro da menina. No final, todos esquecem a menina e ficam ocupados batendo boca para ver quem está certo sobre a cor da cueca imunda do pedófilo.
O governo federal está sexualizando e homossexualizando as crianças? Magali não respondeu a essa pergunta, e ainda desviou o foco.
O Ojerizah e Magali têm uma motivação ideológica? Uma só, é de duvidar. O mais provável é que sejam várias.
A Dra. Damares errou a cor da cueca de um dos sexualizadores de crianças? Talvez. Mas isso não muda a gravidade e a realidade das denúncias. Por mais que o Genizah, Magalis e outros protestantes esquerdistas endinheirados queiram desviar o assunto para detalhes, crianças estão sendo sexualizadas nas escolas.
Leitura recomendada:
Sobre o Genizah:


André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

domingo, 12 de maio de 2013

Resgatados do poço


Resgatados Do Poço

"Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, E o
meu espírito se alegra em Deus meu Salvador"
 Lucas 1:46,47

Uma pequena menina caiu em um poço e gritou, o mais alto que
pôde, clamando por ajuda. Rapidamente sua mãe apareceu para
resgatá-la. Ao contar para todos como foi salva, ela disse:
"Eu alcancei o mais alto que pude e minha mãe fez o resto".
Da mesma forma Cristo salva o pecador. (William G. Heslop)

Por mais longe que estejamos de Deus; por pior que seja a
nossa situação espiritual; por mais que estejamos perdidos e
sem saber para onde estamos indo, o Senhor Jesus está sempre
pronto a nos resgatar do poço onde estamos caídos, por mais
profundo que seja. A única coisa que precisamos fazer é
reconhecer que somos pecadores, que necessitamos de ajuda,
de perdão e salvação, da bênção maravilhosa de Deus. Ao
reconhecer a nossa condição e levantar o nosso braço para o
Senhor, Ele segurará a nossa mão e nos puxará para fora do
poço das angústias e sofrimentos e nos conduzirá em paz
pelos caminhos da verdadeira felicidade.

Da mesma forma que a menina de nossa ilustração narrava, com
grande prazer e satisfação, a maneira como sua mãe a salvou
do poço onde caiu, cada um de nós, salvos da morte pelo
Senhor, não cessaremos de testificar do regozijo
experimentado quando o Senhor ouviu o nosso clamor e,
rapidamente, nos salvou.

É para nós -- e sempre será -- motivo de alegria, dizer para
todos que Jesus Cristo é o nosso Senhor e Salvador. Nunca
nos cansaremos de proclamar que Ele escreveu o nosso nome no
Livro da Vida, que caminha ao nosso lado em todos os lugares
por onde passamos, que nos levanta quando caímos, que nos
consola quando algo nos entristece, que comemora todas as
nossas conquistas. Ele nos fortalece para que sejamos
capazes de fazer a nossa parte e se mostra presente quando
nada mais podemos fazer.

A nossa alma se alegra e glorifica ao Senhor. Fomos
salvos... Aleluia!


http://www.facebook.com/ministeriopararefletir



André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

sexta-feira, 10 de maio de 2013

G.O.D. Brasil Dia de Evangelização Global - 25/05/2013 Uma só linguagem!


G.O.D. Brasil Dia de Evangelização Global
25/05/2013 - Uma só linguagem!!
Mobilize sua Igreja!!!






Billy Graham, aos 95 anos, fará sua última campanha evangelística

Aos 95 anos, o pregador e evangelista norte-americano Billy Graham devido a sua condição de saúde e idade avançada, irá liderar a sua última cruzada evangelística “Minha esperança”.

A Associação Evangelística Billy Graham vem organizando uma grande campanha de divulgação, usando todas as estratégias à disposição.
Especialistas afirmam que essa cruzada poderá bater todos os recordes de audiência já conseguidos por Billy Graham durante seis décadas de ministério, sendo a maior já realizada e com maior alcance.
O filho de Billy, Franklin Graham, publicou recentemente um vídeo em que destaca a atual cruzada como uma ação que “combina o impacto dos programas com o poder das relações pessoais”.
Segundo informações do site em inglês da revista Cristianismo Hoje, a organização desta edição da cruzada incentiva os cristãos a montarem videos falando de suas experiências de conversão e depois compartilharem com amigos e vizinhos, funcionando assim como um convite para assistir à última ministração de Billy.
A edição 2005 da cruzada mundial foi transmitida em 20 idiomas com o apoio de 1.424 denominações diferentes, e envolveu um investimento de US$ 6,8 bilhões. Nesta última edição, as plataformas digitais serão o meio usado para expandir a capacidade de alcance do projeto.
Leyla Lima
leylalima@portaldt.com
Fonte: Portal DT

Padre alerta: O gol contra do Estatuto do Nascituro

A versão atual do projeto pode reforçar a doutrina do aborto "legal"


Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz, Presidente do Pró-Vida de Anápolis
O Estatuto do Nascituro (Projeto de Lei 478/2007) foi elaborado com a intenção de 
proteger a criança por nascer (o nascituro) e afastar definitivamente de nosso país o 
fantasma do aborto. O texto original, apresentado pelo Pró-Vida de Anápolis em 
2004, sofreu um grande empobrecimento:
a) Foi excluída a proteção penal prevista para o nascituro.
b) Foi excluída também a importantíssima afirmação de que o nascituro é pessoa, 
conforme estabelecido no Pacto de São José da Costa Rica. Sem o 
reconhecimento explícito da personalidade do nascituro, os direitos a ele 
atribuídos serão interpretados como meras "expectativas de direitos", como
 hoje fazem tantos doutrinadores.
c) Mas o pior de tudo é que a atual versão é capaz de fortalecer a opinião 
(falsa) de que no Brasil o aborto é "legal" quando a gravidez resulta de 
estupro (art. 128, II, CP).
A tragédia ocorreu em 19/05/2010, quando o PL 478/2007 estava em votação 
na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados. 
O que estava em votação era a versão — já bastante empobrecida — do substitutivo
 apresentado pela relatora deputada Solange Almeida (PMDB/RJ). Os abortistas 
argumentaram que o artigo 13 do substitutivo, ao oferecer proteção e assistência
 ao nascituro concebido em um estupro, iria extinguir o (suposto) "aborto legal" 
(art. 128, II, CP) no país.

Seria de se esperar que os deputados pró-vida replicassem que no Brasil 
não existe "aborto legal" a ser extinto. Se estivessem juridicamente preparados
 para o debate, eles explicariam aos adversários que o Código Penal não 
"permite" (nem poderia permitir) o aborto em caso algum; apenas deixa de 
aplicar a pena ao criminoso se o crime já foi consumado[1]. O despreparo
 dos pró-vida, porém, era completo. Foi desolador presenciar como eles 
concordaram que o aborto legal existe (!) e afirmaram veementemente que 
o Estatuto do Nascituro não revogaria esse "direito" de abortar.
Nessa partida de futebol em que todos chutavam para todos os lados, acabou 
ocorrendo um gol, mas um "gol contra". O deputado Arnaldo Faria de Sá 
(PTB/SP), com a intenção de acalmar a discussão, sugeriu à relatora que fizesse
 uma "complementação de voto" a fim de assegurar que o Estatuto do Nascituro
 não revogaria o suposto aborto "legal" contido no artigo 128, II do Código 
Penal. Solange Almeida (PMDB/RJ) aceitou a proposta. Fez uma complementação
 de voto a fim de assegurar — pasmem! — que os direitos do nascituro concebido
 em um estupro (art. 13 da proposta) não extinguiriam o suposto direito de 
o médico matá-lo! Os direitos do bebê foram mantidos, porém, "ressalvados 
(sic) o disposto no Art. 128 do Código Penal Brasileiro". Esse deplorável 
enxerto, tremendo gol contra feito pelos pró-vida, foi aprovado pela 
Comissão de Seguridade Social e Família naquela sessão.
A proposta está agora para ser votada na Comissão de Finanças e Tributação,
 tendo como relator o deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ). O relator deu
 parecer favorável ao projeto, com uma pequena emenda para adequação
 financeira: "Esta lei entra em vigor na data de sua publicação e surtirá efeitos 
financeiros a partir do primeiro dia do exercício seguinte ao de sua publicação". 
E quanto ao texto inserido na última hora pela antiga relatora Solange Almeida? 
Permanece como estava. E agora?

A propaganda do gol contra

Por estranho que pareça, o Movimento Brasil Sem Aborto vem-se mobilizando
 para aprovar o Estatuto do Nascituro sem mostrar nenhuma preocupação 
quanto ao enxerto nele introduzido. Ao contrário, em uma mensagem divulgada
 pelo Movimento, parece até que ele faz propaganda do gol contra. A fim de
 que o projeto seja aprovado, pede-se aos cidadãos que digam aos deputados
 que
... o Substitutivo deste Projeto de Lei em análise na Comissão de 
Finanças e Tributação NÃO MODIFICA o Código Penal Brasileiro
 no que se refere à EXCLUDENTE DE PUNIBILIDADE quando
 a gravidez resultante de violência sexual (estupro). Em relação 
a esta questão o Estatuto do Nascituro não revoga, portanto, o 
que está disposto no artº 128 do Código Penal Brasileiro [2].
No texto acima, o enorme destaque tipográfico é do original.
Tem-se a impressão de que o Movimento Brasil Sem Aborto faz do gol 
contra uma glória da versão atual do Estatuto do Nascituro.

O que pode acontecer

Se o Estatuto do Nascituro for aprovado como está — com o apoio de 
passeatas e coletas de assinaturas — a criança por nascer poderá sofrer um
 terrível golpe. É verdade que, o artigo 128, CP, citado na complementação
 de voto da deputada Solange Almeida, não fala de uma permissão para aborto.
 No entanto, é necessário observar três coisas:
A primeira é que, quando a deputada fez sua complementação de voto, estava 
convencida de que o aborto "legal" existia e desejava conservar esse suposto
 "direito" de matar a fim de aquietar os abortistas.
A segunda é que os todos os deputados pró-vida presentes naquela sessão
 acompanharam e aprovaram esse entendimento errôneo da relatora.
A terceira é que, se esse enxerto for mantido (Deus não o permita!), ele 
servirá para reforçar a tese de que existe o aborto "legal" no país. Com efeito,
 ao ler o texto do artigo 13 ("O nascituro concebido em decorrência de
 estupro terá assegurado os seguintes direitos, ressalvados o disposto no
 Art. 128 do Código Penal Brasileiro"), os doutrinadores perguntarão a 
si mesmos: por que essa ressalva? E poderão concluir: tal ressalva seria 
 desnecessária se o artigo 128 do Código Penal não permitisse o aborto.
 Logo, dirão eles que, com base no Estatuto do Nascituro (!), o aborto
 é permitido quando a gravidez resulta de estupro.

Por que não outros projetos?

É lamentável que o Movimento Brasil Sem Aborto esteja concentrando todas 
as suas forças em aprovar uma versão distorcida do Estatuto do Nascituro.
 Infelizmente não é verdade o que está escrito no convite para a 6ª Marcha
 Nacional da Cidadania pela Vida (de 04/06/2013): "aprovar o Estatuto do
 Nascituro é impedir, definitivamente, que o aborto seja legalizado em nosso 
país"[3].
Por que o Movimento Brasil Sem Aborto não se mobiliza pela aprovação 
de outros projetos — estes sim de efeito imediato na proteção do nascituro?
 Eis dois exemplos:

1) A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n.º 164, de 2012, 
de autoria do deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), que pretende 
inserir no artigo 5º de nossa Constituição as sagradas palavras "desde 
a concepção" após "a inviolabilidade do direito à vida". Até hoje essa
 PEC está parada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania 
 (CCJC) aguardando a designação de um relator.
2) O Projeto de Decreto Legislativo (PDC) n.º 565, de 2012, de
 autoria do deputado Marco Feliciano (PSC/SP), que pretende 
sustar a decisão do STF que declarou não ser crime o aborto de
 crianças anencéfalas. Até hoje o projeto aguarda o julgamento de
 um recurso (REC 148/2012) contra a decisão do então presidente
 da Câmara, Marco Maia (PT/RS), que o considerou "inconstitucional".
Um detalhe importante: ambas as proposições acima — a PEC 164/2012 e 
o PDC 565/2012 — não passarão pela mesa da Presidente da República!
 O Congresso poderá promulgá-las sem interferência de Dilma Rousseff. 
Ao contrário, o Estatuto do Nascituro (PL 478/2007), mesmo que seja 
corrigido e só depois aprovado, poderá ser vetado, total ou parcialmente, 
 pela nossa Presidente. E a derrubada de um veto presidencial pelo 
Congresso é praticamente impossível, pois requer a maioria absoluta dos 
deputados e senadores (art. 66, §4º, CF).

Conclusão

No Movimento Brasil Sem Aborto há grandes amigos meus, verdadeiros 
pró-vida, que desejam extirpar o aborto do Brasil e não poupam esforços
 para esse fim.
É preocupante, porém, que o Movimento não tenha entendido o perigo 
da aprovação irrestrita e incondicional da atual versão do Estatuto do 
Nascituro. Os milhares de cidadãos que colocam seus nomes no abaixo-assinado
 não estão sendo advertidos sobre isso.
É lamentável ainda que esse Movimento, ao contrário dos outros grupos 
pró-vida, evite sistematicamente levantar a bandeira da defesa da família. 
Evita-se falar contra a exaltação do homossexualismo e a união de pessoas 
do mesmo sexo.
Enfim, esse Movimento tem sempre procurado poupar o Partido dos 
Trabalhadores (PT). Nas eleições presidenciais de 2006, não encontrei no
 portal do "Brasil Sem Aborto" nenhuma referência ao programa de governo 
do candidato Lula, do PT, que previa, em seu segundo mandato, a
 legalização do aborto. No entanto, lembro-me de o portal ter exibido
 "45 razões para não votar em Geraldo Alckmin", adversário do 
candidato petista...
[1] Em Direito Penal, isso se chama "escusa absolutória". O crime permanece, mas o agente não
 recebe aplicação da pena, por razões de política criminal.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:



André Ribeiro de Mendonça
(Pastor na www.iamir.com.br / Empresário de Network Marketing - Marketing Multinível - MMN)
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!